nma-16429.blogspot.pt é o meu novo blog. Seleccionem o link correspondente na coluna da direita e visitem-me!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

CF8 - Moçambique 1965 a 1968!

Hoje dei o pontapé de saída na organização do convívio anual do pessoal da CF8.
Data provisória - 2 de Outubro
Local provisório - Zona da Batalha
Agora um pedido a todos os filhos da escola que frequentam estas paragens:
Quem conhecer algum filho da escola que tenha feito parte da CF8 (1965/1968) agradeço vá passando a palavra e pedindo para se porem em contacto comigo. O meio mais fácil é usar o Telemóvel - 911 967 796.

7 comentários:

  1. CAPACIDADE ORGANIZATIVA!
    Acabaste de ganhar um torneio com a CF2 já estás a dar o pontapé de saída para a CF8,só mesmo com grande carolice e amôr à camisola, vais ganhando estes campeonatos que é juntar os FUZOS da velha glória! OBRIGADO (TINTINAINE)e conta comigo, seja no Barreiro,na Batalha,na Póvoa ou Fig.da Foz,estarei lá!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Seja em que lugar for
    Teremos "Páscoa" florida,
    Porque a amizade é uma flor
    Cheirando ao longo da vida!

    Ouso olfactar essa fragrância
    E se tal me for permitido
    Usarei a minha constância
    Num abraço ao "Páscoa Querido"

    ResponderEliminar
  6. Agradeço e retribuo aquele abraço amigo VERDE!
    Só por curiosidade,tenho um cartão que me foi entregue na Gafanha pelo AGOSTINHO TEIXEIRA,será este filho da escola poeta que também é VERDE e que é da Lousada?
    Se fôr um abraço ainda mais forte porque já nos conhecemos!

    ResponderEliminar
  7. Sim, de facto é verdade
    Sou eu, cuja história é breve
    Porque na minha mocidade
    Na Marinha, herdei o "Verde"!

    Neste mundo em tom florido
    Que nos une em lealdade
    Há sempre um momento "querido"
    Para saciar a saudade

    Que num laço, até nos prende
    No coração em desembaraço
    Sinal que melhor se entende
    Quando sentimos um abraço...

    ResponderEliminar